Home   Fale Conosco
Carta Aberta
Legislação
Notícias
Dossiê
Comentário Externo
  27-07-2011 >> Graduados no exterior: a grande maioria não consegue revalidar o diploma no Brasil

Em 2010, estatísticas apontam que apenas dois, entre 281 profissionais, conseguiram ter seu certificado aceito para o exercício da Medicina no país
Segundo o Ministério da Educação e Cultura ( MEC), a maioria dos profissionais da saúde formados na Bolívia não consegue revalidar o diploma no Brasil. No ano passado, estatísticas  apontaram que apenas dois, entre 281 profissionais, conseguem ter seu certificado aceito no país.

A avaliação brasileira das habilitações médicas é um sistema padronizado e constituído de várias etapas.  De acordo com Luís Mascarenhas, vice-presidente do CRM-MS, o teste é similar àqueles aplicados aos médicos residentes brasileiros. "É uma prova de conhecimentos gerais da área médica, geralmente aplicada para os formandos no Brasil que tentam acesso aos programas de residência".

Os  fatores determinantes para a  procura por cursos de Medicina no exterior  são os baixos preços das escolas e a pequena concorrência. Na Bolívia, por exemplo, os custos ficam em torno de R$ 375 por mês. Já no Brasil, as mensalidades variam de R$ 2,5 mil a R$ 6 mil. Ainda segundo Mascarenhas, a qualidade do ensino em países estrangeiros não pode ser garantida pelas entidades médicas brasileiras. "Não temos nenhum acesso a essas universidades, do ponto de vista de avaliação ou fiscalização do ensino".

Fonte : http://g1.globo.com/mato-grosso-do-sul/noticia/2011

 
  Últimas Notícias

14-10-2011
Exame do Cremesp: gabarito já está disponível aos participantes no site da Fundação Carlos Chagas

O instituto, responsável pela aplicação dos testes realizados em 2/10, em 14 municípios paulistas, abriu acesso às pontuações do gabarito.

21-09-2011
Revista Ser Médico nº 56: recém-formados estão preparados para atender comunidades de áreas remotas?
Acompanhe a íntegra de um debate sobre o envio de recém-formados para o exercício da profissão em regiões remotas do país

27-07-2011
Graduados no exterior: a grande maioria não consegue revalidar o diploma no Brasil
Em 2010, estatísticas apontam que apenas dois, entre 281 profissionais, conseguiram ter seu certificado aceito para o exercício da Medicina no país

© 2004 proteja-se.com.br- Todos os direitos reservados [ Webmaster ] [ Política de Privacidade ] [ Créditos ]